20.2.14

'Locked out of Heaven - Capitulo 85 - 3° Temporada

 
 
~
 
JOE: ela não vai fazer nada contra a gente, nada do que ela falar, ou fizer vai estragar o que a gente tem, ok?

DEMI: certo!

Demi deu um selinho em Joe. Enquanto esperava dar o horário de almoço de Joe, Demi ficou na sala de Joe com Sophia, a cada cliente ou funcionário que entrava na sala de Joe, ficavam encantados com Sophia, e a menina estava adorando aquela atenção. Ninguém acreditava que Demi era a mãe, pelo corpo que Demi estava agora, muito bem cuidado. Na hora do almoço Joe, Demi e a filha foram para o shopping, onde compraram a roupa de Joe para o casamento, e o presente para os noivos.

Dia do casamento de Miley e Liam...

Casa de Dianna/Eddie...

Miley estava sentada na cama comendo um pacote de batata frita, enquanto assistia sua mãe ajeitar o vestido dela, o dia havia sido cansativo, ela havia feito unha, cabelo, maquiagem, antes havia recebido uma massagem, Miley estava nervosa, mas não tanto quanto a mãe dela, parecia até que Dianna que ia casar.

DIANNA: MILEY!! eu já lhe falei pra parar de comer essas porcarias

MILEY: mas é tão bom, me deixa menos nervosa, você deveria tentar

DIANNA: você já comeu uns 3 pacotes de batata frita, daqui a pouco não entra no vestido

MILEY: que bom, aí eu já vou de lingerie, direto pra lua de mel

DIANNA: não senhora, você vai ficar até o final da festa

MILEY: não mesmo, eu vou bem fugir, quando você menos esperar. Mãe eu estou sem fazer alguma coisa com o Liam a meses, eu não deveria ter prometido nada a você

DIANNA: era pra pelo menos ter uma coisa de se casar virgem

Miley riu com o comentário de Dianna

MILEY: mãe, eu to longe de me casar virgem, esqueça esse seu sonho de ter filhas casadas virgem, porque até a santinha da Demetria já tem filho

Demi chega na hora no quarto, com Sophia dormindo no colo dela.

DEMI: vagabunda, eu ouvi meu nome

MILEY: awn irmã. Você sabe que eu te amo

DIANNA: bom, pelo menos eu vou tentar fazer com que a Maddie se case virgem

DEMI: mãe eu acho que não vai rolar não

MILEY/DEMI: kkkkkkk

DIANNA: porque vocês estão rindo? Isso é sério, eu queria que pelo menos uma de minhas filhas seguissem meu exemplo, eu me casei virgem com o pai de vocês, eu sei que não deu muito certo, e também não foi com o cara certo, mas pelo menos eu segui o exemplo de sua avó

MILEY: mãe, não se iluda por favor

DIANNA: ok, chega de papo, eu vou ali, ver como seu pai está e vou pedir para que ele vá verificar o Liam, ver se ele já esta pronto

DEMI: vê se ele não vai fugir, sabe, ainda dá tempo de fugir da Miley

DIANNA/DEMI: kkkkkkkkkk

MILEY: ele que pense em fugir, eu vou atrás dele até no inferno, mas ele vai se casar comigo

DIANNA: coitado do Liam, vai apanhar da mulher

DIANNA/DEMI/MILEY: kkkkkkkkkk

DIANNA: eu vou lá, e por favor Miley para de comer

Dianna puxou o saco de batata frita da mão de Miley e saiu do quarto, deixando Miley e Demi lá.

DEMI: nervosa?

MILEY: um pouco

DEMI: você parece muito feliz, da pra ver nos seus olhos

MILEY: eu estou muito feliz, esse é o primeiro passo para eu começar a construir uma família com o homem que eu amo

DEMI: eu estou feliz por você, eu lembro de quando fizemos aquela brincadeira no porão daqui de casa, ninguém namorava com ninguém, ai começou a formar os casais, eu e o Joe, Nick e Selena, e você continuava brigando com o Liam

MILEY: kkkkkkkkkk

DEMI: tadinho, dava uma pena dele, ele sempre te amou, e ele tinha medo de contar a você e você matar ele kkkkkkkkkk

MILEY: verdade... o tempo passou rápido né? Você já tem até filho, sua safada

DEMI: me arrependo de muitas coisas na minha vida e ter a Sophia está fora dessa lista, ela é minha vida agora

Demi falou acariciando o rosto da filha que dormia na cama de Miley.

MILEY: eu tenho muito orgulho de você mana, você passou por tanta coisa, aquela briga com o papai, ainda ter que morar na casa de sua sogra, e muitas outras coisas, você é uma guerreira

DEMI: obrigada Mi, eu também tenho orgulho de você, você não deixa ninguém te colocar pra baixo, eu te admiro muito por isso

MILEY: te amo Demi

DEMI: também te amo Miley

Demi deu um abraço bem apertado em Miley que agora já estava chorando.

DEMI: hey, não chora, vai borrar a maquiagem sua maluca, vamos começar a se arrumar

MILEY: não, eu me arrumo sozinha, pode deixar, eu vou esperar a mãe do Liam, ela vai me ajudar, você ainda tem que se arrumar e arrumar a Soph, vai lá, eu vou ficar bem

DEMI: tudo bem, mas não vai chorar tá? Te vejo no casamento.

Demi deu um beijo na bochecha de Miley e saiu do quarto com Sophia. Miley sentou na cadeira da penteadeira e se perdeu em pensamentos, lembrando de tudo que viveu com Liam.

MILEY: finalmente

Miley estava muito nervosa, ela estava contando os dias para chegar a data do casamento e finalmente esse dia havia chegado.

Igreja...

A igreja já estava cheia com os convidados, Liam já havia entrado com a mãe dele, ao lado estavam dele no altar estavam os padrinhos; os de Miley: Demi e Joe, e do outro lado, os de Liam: Kevin e Taylor (Swift). Liam andava de um lado pro outro nervoso, ele não conseguia ficar quieto, a mãe dele já havia chamado a atenção dele varias vezes. Havia finalmente chegado a hora, Miley estava entrando na igreja com Eddie.
~

mais tarde tem a continuação do casamento, se eu não postar de madrugada, me perdoem, eu estou morrendo de dor de cabeça, se ela passar eu posto, senão só amanha mesmo, agradeço de novo a todos que continuam comentando e acompanhando a fic, significa muito pra mim. Beijoos <3

19.2.14

'Locked out of Heaven - Capitulo 84 - 3° Temporada

 
 
~
 
No dia seguinte... Empresa de advocacia...

Demi havia acabado de chegar na empresa onde Joe trabalha, ela estava com Sophia, ela ia fazer uma “surpresa” pra Joe, na verdade, ela estava no shopping com a filha, escolhendo a roupa para o casamento de Miley que seria daqui a alguns dias, como estava perto da empresa, ela queria passar para ver Joe.

Por onde Demi passava na empresa ela arrancava olhares não só dos homens, como também olhares de inveja das mulheres. Demi estava com um vestido preto, curto, um pouco solto da cintura para baixo, um decote um pouco ousado. Demi estava com Sophia no colo, a pequena estava agoniada no colo da mãe, um monte de gente queria chegar perto daquela coisa fofa com um sorriso lindo que mostrava aqueles dois dentinhos. Demi chegou na recepção para procurar a sala de Joe, ela nunca esteve na empresa, por isso ninguém sabia que ela era noiva de Joe.

DEMI: bom dia, eu queria falar com Joseph Jonas, ele se encontra?

XXXX: está sim, você tem horário marcado?

DEMI: não, diga a ele que é Demi que quer falar com ele

XXXX: eu vou falar, mas eu acho que ele não vai querer falar com alguém que não esteja marcado, se a senhorita não sabe, essa empresa tem uma politica de que nenhum funcionário da parte administrativa pode falar com qualquer pessoa na sala.

Demi revirou os olhos.

DEMI: será que dar pra você ligar logo?

A recepcionista ligou e falou com Joe, não demorou nenhum um minuto e Joe apareceu na recepção, ele foi ao encontro dela, pegou Sophia no colo e deu um selinho em Demi, fazendo as mulheres ficarem boquiabertas, quase todas as solteiras tinham uma queda por Joe, mas nunca imaginava que ele era “casado” e que tinha uma filha, só aquelas que já haviam entrado na sala dele e visto as varias fotos que ele tem da família.

JOE: que surpresa maravilhosa, o que veio fazer aqui?

DEMI: queria saber se você pode sair um instante para irmos no shopping, temos que comprar sua roupa para o casamento de Miley, e já é sábado, e nós somos um dos padrinhos

JOE: você pode esperar até minha hora de almoço? Poderíamos almoçar no shopping mesmo

DEMI: claro, e eu tenho uma novidade pra te contar

JOE: o que?

DEMI: a Soph esta conseguindo engatinhar

JOE: sério? Minha filhinha esta crescendo

Joe deu um abraço em Sophia.

JOE: vamos ficar lá na minha sala

Joe e Demi foram indo até a sala dele, quando Camilla apareceu e tomou um susto ao ver Joe acompanhado da família, ele estava de mãos dadas com Demi e com Sophia no colo.

CAMILLA: oi chefinho...

Camilla falou com uma voz tentando parecer Sexy. Demi segurou o riso e olhou para Joe.

JOE: Camilla eu já lhe falei sobre esse apelidos aqui na empresa, e que eu exijo respeito

CAMILLA: desculpa, eu não sabia que você estava com clientes

Camilla falou olhando Demi de cima a baixo com uma cara de nojo. Na verdade ela estava com inveja de Demi.

JOE: não é cliente, essa daqui é a Demi, a minha noiva e essa coisa mais linda aqui é a nossa filha

DEMI: prazer Camilla, eu conheço você de algum lugar...

Demi estendeu a mão para Camilla com um sorriso no rosto.

CAMILLA: nunca vi você

Camilla saiu da sala com raiva, ela sabia que Joe tinha uma noiva e que tinha uma filha com ela, mas ela não imaginava que seria uma mulher tão bonita quanto Demi.

DEMI: ridícula, então essa é a tal “chefinho”? Que voz de puta

JOE: não se preocupe, ela não vai durar muito aqui, ela não trabalha muito bem

DEMI: bem que eu poderia ser a sua assistente né?

JOE: eu não vou deixar você trabalhar, quem vai ficar com a Sophia?

DEMI: podemos contratar alguém

JOE: eu não acho uma boa ideia... porque você quer tanto trabalhar?

DEMI: cansa ficar em casa o dia todo, sabe, a mesma rotina, de cuidar da Sophia

JOE: é melhor você cuidar dela do que outra pessoa

DEMI: é verdade... então, como é o sobrenome dessa Camilla?

JOE: Belle, porque?

DEMI: Belle???

Demi falou com espanto, sem acreditar. Joe sentou no sofá que tinha ali com Sophia, Demi sentou do lado dele.

DEMI: Joe. Camilla é a prima da Ashley

JOE: como???

DEMI: eu lembro que ela já estudou lá no colégio, só que ela era series acima da gente, ela era uma das lideres de torcida, dava pra todo mundo daquele colégio, aquela vagabunda, ela já aprontou comigo no colégio

JOE: o que ela aprontou com você?

DEMI: lembra daquela vez que eu tive que sair com livros na minha bunda porque minha saia estava suja?

JOE: lembro, foi ela?

DEMI: sim, ela me humilhou, me chamava de nerd, jogava meus livros no chão, já rasgou varias provas minhas, aquela mulher era o diabo, dei graças a Deus quando ela saiu da escola
~

me desculpe pelo capitulo estar uma porcaria, eu estou sem criatividade e sem tempo, próximo capitulo, já começa o casamento de Mily, vou tentar fazer uma coisa melhor. agradeço a todos que continuam acompanhando a fic e comentando, eu sei que esta horrível, mas eu prometo que vou tentar melhorar e postar capítulos maiores. ah, também vai ter HOT Liley <3 Amo vocês! Depois eu respondo os comentários, estou atrasada para ir pra faculdade kkkkk

18.2.14

'Locked out of Heaven - Capitulo 83 - 3° Temporada

 
 
~
 
Com Selena e Nick... Casa de Selena...

Nick e Selena estavam na sala assistindo um filme, na verdade, Selena estava prestando atenção no filme, Nick estava muito entediado, ele ia beijando o pescoço de Selena mas ela parecia nem ligar, ou afastava ele, ou batia nele.

NICK: poxa Sel, esse filme tá chato... vamos fazer outra coisa

SELENA: Nicholas eu não vou transar com você agora

NICK: porque?

SELENA: estamos na minha casa, a qualquer momento minha mãe pode chegar

NICK: pra isso existe quarto... vamos Sel

Nick voltou a beijar o pescoço de Selena. Selena novamente afastou ele.

SELENA: Nick, para, eu não quero

NICK: poxa, você é chata viu?

SELENA: eu não sou chata, você acha que eu sou sua namorada ou sua escrava sexual?

NICK: eu não quis dizer isso, mas tipo, já tem quase 2 meses que você não faz nada comigo, o que aconteceu? O que eu te fiz que você não me deixa mais te tocar?

SELENA: nada...

Selena fala bem baixinho com a cabeça baixa. Na verdade, ela não queria ter esses tipos de relações com Nick, com medo de acabar falando alguma coisa sobre Justin, ela não havia beijado Justin só uma vez, e ela estava bastante arrependida.

NICK: hey... olha pra mim... pode me falar o que aconteceu...

SELENA: Nick...

Selena começou a chorar e Nick sem entender nada abraçou ela.

SELENA: Nick eu te amo tanto... me perdoa...

NICK: Selena me conta o que aconteceu, você esta me assustando. Porque você está me pedindo perdão?

SELENA: Nick, eu juro que eu não queria fazer isso, você não merece, e se existe uma pessoa que queria voltar ao tempo e consertar a burrada que fez, sou eu... eu infelizmente fiz uma coisa que eu nunca vou me perdoar na vida, eu fiquei com o Justin...

NICK: HÃ? VOCÊ O QUE?

SELENA: Nick, eu não queria, mas ele estava sempre me seguindo, dando em cima em de mim, aí teve um dia que a gente saiu e...

NICK: espera??? você saiu com ele? Namorando comigo? Eu não acredito...

Nick levantou do sofá já indo embora, Selena levantou atrás dele, ela segurou o braço dele. Ele parou e olhou pra ela, que estava chorando desesperadamente.

SELENA: me desculpa... eu sai porque eu pensei que eu e ele poderíamos continuar sendo amigos, ele foi meu amigo, antes de tudo acontecer...

NICK: ele é um vagabundo... ele deu em cima de você sabendo que você estava namorando comigo, e você foi uma ingênua, idiota, desonesta, que acabou aceitando sair com ele...

SELENA: Nick...

NICK: então era por isso que você não queria deixar eu te tocar? Não queria dormir comigo?

Selena ficou calada.

NICK: você estava com a sua consciência lhe matando? NÃO É SELENA?

SELENA: Nick, por favor não termina comigo, eu te amo

NICK: NÃO VOCÊ NÃO AMA, VOCÊ PERCEBEU O QUE VOCÊ FEZ?? VOCÊ ACABOU ME MACHUCANDO, MACHUCANDO A VOCÊ MESMA, POR UM MOLEQUE QUE NÃO ESTA NEM AÍ PRA VOCÊ, ELE SÓ QUER TE LEVAR PRA CAMA, ELE QUER BRINCAR COM VOCÊ DO MESMO JEITO QUE ELE FEZ ANTES... VOCÊ ESQUECEU O QUE ELE FEZ? ELE TE TRAIU SELENA, VOCÊ PEGOU ELE NA CAMA COM OUTRA MULHER

Nick falou alterado, sem que Selena tivesse chance de responder ou evitar que ele fosse embora ele saiu sem olhar pra trás. Selena saiu atrás dele correndo, mas agora ele já tinha entrado no carro.

SELENA: NICK!!!

Selena sentou na varanda da casa chorando muito, ela abraçava os joelhos com muita força, chorava tanto que chegava a soluçar, ela sentia o coração dela partindo aos poucos, mesmo sem ouvir Nick dizer que eles haviam terminado ou não, ela sabia que ele não ia perdoar o que ela havia feito.

Mandy chegou do trabalho, mais ou menos, 1 hora depois do acontecimento e se assustou ao ver Selena na varanda, chorando feito uma condenada, ela correu até a filha e a abraçou bem forte. Pra Selena o abraço de sua mãe era seu outro conforto, ela tinha o de Nick também, mas ela não ia ter por muito tempo. Mandy acalmou Selena e levou ela pra dentro de casa de novo, ela deitou na cama de Selena com Selena deitada em seu colo, enquanto Mandy fazia cafuné em sua cabeça, Selena contava os detalhes da briga dela com Nick. Mandy ficou totalmente arrasada, ela nunca gostou de Justin e brigou com Selena por ter voltado a andar com o Justin mesmo namorando Nick. Selena dormiu logo depois, sentindo os carinhos de sua mãe e com a imagem de Nick na cabeça.
~

Bom, esse capitulo esta super mini, mas eu vou postar um mais tarde, quando eu voltar da faculdade, eu vou fazer um maior :)
 
sério que vocês gostaram do HOT???? eu nem tinha revisado, eu depois fui ler e fiquei tipo "meu Deus quem foi essa pessoa que escreveu?? porque eu não sou assim" kkkkkkkkkkkk fico muito feliz que vocês tenham gostado, foi uma ótima forma de reconciliação de Jemi, né?
Beijoos!! Obrigada a todos que comentaram, não se esqueçam de comentar!!!!
 
Comentários Respondidos: AQUI, AQUI e AQUI

17.2.14

'Locked out of Heaven - Capitulo 82 - 3° Temporada - HOT

 
 
~
 
Conteúdo Hot, se não tem maturidade para ler, ou não gosta de ler sobre isso, então pare de ler agora mesmo.
 
Joe e Demi desceram para preparar o jantar. Depois de jantarem, Demi foi dar banho em Sophia para depois colocar ela pra dormir. Depois que Sophia dormiu, Demi foi para o seu quarto, como Joe ainda estava no banho, ela decidiu fazer uma surpresinha para ele. Ela tirou a roupa e deitou na cama nua, ela percebeu que Joe ia sair do banheiro e fingiu que já estava dormindo, ela se cobriu para que Joe não percebesse que ela estava nua. Joe vestiu seu pijama e foi se deitar do lado de Demi, ao abraçar Demi por trás, ficando de conchinha com ela, ele tocou na barriga dela que estava nua, ele achou estranho e subiu a mão até os seios dela, ele sorriu ao perceber que Demi estava sem blusa, Demi já estava bastante arrepiada com os toques de Joe, e também excitada.

Joe percebeu o jogo de Demi e foi descendo a mão bem devagar até a intimidade dela, onde ele teve a certeza de que ela estava completamente nua. Joe começou a fazer um carinho na intimidade de Demi apenas com as pontas dos dedos, ele sentiu Demi se arrepiando e se segurando para não gemer, Demi mordeu forte o lábio quando sentiu Joe introduzir um dedo na sua entrada. Joe introduziu um dedo, depois dois, e começou a fazer movimentos de vai e vem com os dedos na entrada de Demi, ele parou um pouquinho e passou os dedos com bastante vontade no clitóris de Demi o que fez arrancar um gemido da mesma. Joe voltou a introduzir dois dedos na entrada de Demi, e começou a beijar o pescoço dela, Demi agora gemia bem baixinho, eles nunca tentaram fazer alguma coisa desse jeito, e eles estavam adorando. Joe parou com os dedos, quando percebeu que Demi já estava quase gozando, Demi gemeu de frustração.

Joe virou Demi agora a beijando e deitando em cima dela, Demi foi descendo as mãos que estavam no cabelo de Joe, até o pijama que ele estava usando.

DEMI: você é um menino muito mal...

Demi falou entre o beijo e ainda tentando tirar a calça de Joe.

JOE: porque?

DEMI: você não me deixou gozar

JOE: eu não queria que você gozasse com aquele carinho... coisas melhores te esperam para te dar vários orgasmos

Eles riram e voltaram a se beijar, agora com mais desejo. Joe ajudou Demi, e tirou a sua calça junto com a cueca, ficando nu, antes dele deitar de volta em cima de Demi, ela o parou.

DEMI: vamos tentar coisas diferentes... não quero o casual hoje

Demi falou com um sorriso malicioso, Joe continuou de joelhos na cama, esperando para ver o que Demi ia aprontar, Demi levantou e de joelhos se apoiou com as mãos na cabeceira da cama, ela chamou Joe que ficou atrás dela, também de joelhos.

DEMI: eu quero que você me penetre assim... de costas...

JOE: onde você aprendeu isso, heim?

Joe falou com uma voz bem sexy no ouvido de Demi. Ele estava achando aquilo o máximo.

DEMI: Miley me ensinou algumas posições, sabe, ela disse que dão mais prazer

JOE: hum... você deveria parar de andar com sua irmã... mas eu gosto disso

DEMI: que bom, agora vem logo

Joe pegou uma camisinha no criado mudo e logo colocou em seu membro que já estava bastante duro. Ele puxou um pouco Demi para que ela ficasse quase de “quatro” na cama, era melhor a posição.

Demi soltou um gemido bastante alto quanto sentiu Joe a penetrar com força, Joe foi segurando a cintura dela para melhorar e acelerar os movimentos. Demi gemia muito alto, a cada vez que Joe aumentava os movimentos, ele agora também já gemia, os dois suados. Continuaram nesses movimentos de vai e vem até que os dois tiveram o primeiro orgasmo da noite. Ficaram um pouquinho tentando recuperar o folego, Joe retirou o membro de dentro de Demi e jogou a camisinha usada no canto do quarto. Demi deitou de barriga pra cima, logo abrindo as pernas e chamando Joe, eles ainda estavam muito excitados. Joe pegou uma outra camisinha, a colocou e se posicionou no meio das pernas de Demi, dessa vez ele foi a penetrando bem devagar, vendo Demi morder o lábio inferior de desejo. Depois de estar totalmente dentro, ele começou com os movimentos, como ele já estava um pouco cansado, Demi ajudava movimentando o corpo pra cima e pra baixo.

DEMI: vai rápido Joe, hoje eu não quero nada lento...

Demi falou entre gemidos para Joe, ele começou a fazer movimentos bem rápidos. Demi sentia o membro de Joe totalmente dentro dela e aquilo a estava excitando. A medida que ele ia se movimentando, Demi gemia em seu ouvido e arranhava as costas de Joe. Depois de alguns minutos eles chegaram ao segundo orgasmo da noite. Ainda “dentro” de Demi, Joe deu um beijo nela, os dois suados, com a respiração acelerada, mas ainda não pareciam satisfeitos. Demi ainda tinha muitas ideias na cabeça, ela havia conversado com Miley nesse único dia que esteve em casa e Miley mostrou a ela o Kamasutra, e disse que era pra a irmã tentar com Joe. Demi também queria mostrar a Joe que ela pode o satisfazer de todas as maneiras possíveis.

DEMI: ainda consegue mais um?

JOE: eu acho que sim... aonde você arranjou tanto fogo?

DEMI: cansei de ser certinha...

Demi falou com uma voz bem sexy depois dando uma mordida no lábio de Joe. Joe sentiu Demi se movimentar embaixo dele, ele lembrou que ainda estava dentro dela.

JOE: deixa eu só trocar a camisinha que nós continuamos, tudo bem?

DEMI: vai logo Joe... eu ainda estou com muita vontade

JOE: é hoje que você me mata

Joe saiu de “dentro” de Demi, jogou a camisinha no canto junto com a outra e pegou outra, antes de colocar, ele sentiu a mão de Demi acariciar seu membro, ela começou a subir e descer a mão no membro de Joe, o masturbando.

DEMI: deita ai, que agora eu vou por cima

JOE: não esquece a camisinha

Joe entregou a camisinha a Demi e deitou, Demi foi sentar no peito de Joe, de costas para ele, com a bunda virada pra ele, ela continuou com os movimentos com a mão, quando ela viu que o membro de Joe já estava duro de novo, ela foi colocar a camisinha. Miley havia dito a ela para fazer sexo oral em Joe, mas como Demi ainda estava perdendo a vergonha, decidiu não fazer.

Depois de colocar a camisinha em Joe, Demi subiu no membro dele delicadamente, ela mesma foi encaixando o pênis dele na sua entrada, arrancando gemidos dos dois. Demi não esperou muito tempo e começou a cavalgar no colo de Joe, ela ia muito rápido.

JOE: Demi... vira pra mim... eu quero ver você gozar

Demi parou de cavalgar e virou, agora de frente para Joe, ele agarrava as coxas dela a ajudando a se movimentar, ela continuou com os movimentos bem rápido, quando ela já estava chegando lá, ela começou a rebolar em cima do membro dele, agora ao invés de fazer movimentos de cima pra baixo, ela começou com um de frente pra trás, o que estava dando mais prazer a eles dois, não aguentando mais, Joe chegou ao orgasmo primeiro do que ela, Demi não demorou muito e caiu por cima do peito de Joe, cansada.

JOE: essa foi de longe a melhor transa que nós já tivemos

DEMI: eu também acho, eu estou exausta

Joe tirou Demi de seu colo delicadamente a deitando do lado dele na cama, ele retirou novamente a camisinha e pegando as outras para jogar no lixo, quando ele voltou do banheiro, Demi riu olhando pra ele.

JOE: o que foi?

DEMI: você aí, andando pelado kkkkk seu amiguinho esta engraçado

JOE: claro, você sugou totalmente todas as energias dele, ele não esta acostumado a esse tipo de abuso

DEMI: hum... ele é fraquinho kkkkkk

JOE: fraco? Eu só não lhe mostro o fraco, porque eu já estou cansado, e também eu sei que a senhorita amanha vai estar “ai Joe eu estou assada” kkkkkkkk

Joe falou imitando Demi.

JOE: vamos tomar um banho meu amor

Joe levantou Demi da cama a beijando, durante o beijo Demi continuou rindo, ela apertou o membro de Joe o fazendo gemer de dor.

DEMI: tadinho tá tão fraco...

JOE: ai Demi, doeu, se eu não tiver mais filhos vai ser culpa sua

DEMI: é pra você não falar mais isso de mim, eu fiquei assada sim, porque você é um monstro, como você acha que eu ficaria depois de perder a virgindade com um homem que tem uma pica enorme, é claro que ia doer e muito

JOE/DEMI: kkkkkkkkkk

JOE: mas agora você já acostumou né? Safada

DEMI: agora eu amo... meu safado. Vai tomar banho, por enquanto eu vou trocar os lençóis, não quero dormir sobre gozo kkkkk

JOE: ok kkkkkk

Joe dá um selinho em Demi e entra no banheiro. Demi troca a cama e depois vai tomar banho, Joe deixou Demi tomar banho sem segundas intenções.
~

está aí o HOT espero que vocês gostem, não sei se ficou bom, ainda não revisei... obrigada a todos que estão comentando :)
Não se esqueçam de comentar... respondo os comentários depois... Beijoos <3

16.2.14

'Locked out of Heaven - Capitulo 81 - 3° Temporada

 
 
~
 
Demi ainda estava deitada quando ouviu Joe sair com o carro, pela velocidade que Joe saiu ele estava bem chateado.

O dia passou meio tenso pra Demi, ela não queria ver Joe e nem queria que ele visse a filha, Joe tentou falar com ela na hora do almoço, mas ela se trancou novamente no quarto com a filha, Joe voltou a retornar no final da tarde, só que dessa vez Demi havia saído ela tinha ido ao mercado com Sophia e Miley. Dianna pediu para que Joe esperasse por elas. Ele esperou mesmo sabendo que ele ainda tinha que estar trabalhando...

Alguns minutos depois Demi chegou e se assustou ao ver Joe lá na sala. Sophia quando viu o pai logo começou a se balançar no colo de Demi, deu logo aquele sorrisinho fofo mostrando aqueles dentinhos, ela se mexia querendo que Joe pegasse ela, ela abriu os braços quando Joe chegou perto dela e de Demi, Joe pegou Sophia no colo logo a abraçando.

JOE: minha bebe, papai sentiu tanta a sua falta

MILEY: quanto drama Joe, você só ficou 1 dia sem ver sua filha

JOE: quando a pessoa é a sua vida, 1 dia é uma eternidade

Joe abraçou Sophia e ainda abraçado a filha sorriu para Demi que estava olhando a felicidade que a filha estava ao ver Joe. Quando Demi percebeu que Joe a encarava ela parou de sorrir e encarou ele.

DEMI: o que você veio fazer aqui? Não deveria estar trabalhando?
 
Demi sussurrou para Joe, ele sussurrou de volta.

JOE: eu tinha coisas mais importantes para fazer, como te convencer que nossa briga foi uma estupidez e que eu te amo, e que eu não vivo sem você e nossa filha, e por favor, vamos pra casa, vamos conversar, sem brigas

Demi suspirou, Joe sabia direitinho como fazer ela o perdoar.

DEMI: tudo bem eu vou, mas eu não prometo nada de que eu irei ficar lá, e eu vou também porque nossa filha sente saudades de você e não para de chorar se não te ver... eu vou buscar nossas coisas

JOE: eu vou te esperar aqui...

Demi subiu e Joe continuou na sala com Miley e Dianna e Sophia nos braços dele, a menina havia agarrado Joe e não queria mais soltar

MILEY: eu espero que vocês se entendam

JOE: eu também

DIANNA: ainda bem que Demi concordou em ir pra casa, porque eu acho que se dependesse dessa mocinha aqui, ela ia com você, olha que fofa, ela agarrou a sua camisa e não quer largar Joe

Dianna falou fazendo carinho na neta. Demi logo desceu com as bolsas dela e da filha. Joe e Demi se despediram de Dianna e Miley e seguiram até o carro de Joe. Joe colocou Sophia na cadeirinha e abriu a porta pra Demi, ela sorriu em agradecimento a Joe. O caminho de volta foi silêncio, e foi bem rápido. Ao chegar, Demi desceu primeiro e entrou com as bolsas, por enquanto que Joe trazia a filha. Joe seguiu Demi até o quarto deles, chegando lá, ela estava sentada na cama olhando para a porta. Joe entrou e sentou do lado dela na cama ainda com Sophia no colo.

DEMI: pode começar, se quiser

JOE: Dem, primeiro me explica o porque você saiu daquele jeito, o que te fez pensar que eu te trai?

DEMI: ontem, enquanto eu estava esperando você chegar do trabalho, eu ouvi uma mensagem que alguma mulher havia deixado na caixa de mensagem, ela te chamava de chefinho, e dizia que você havia saído mais cedo do trabalho e se ainda estava de pé o jantar que vocês haviam marcado, e que ela tinha gostado de uma massagem que você havia dado nela

JOE: kkkkk

DEMI: porque você está rindo idiota?

JOE: Demi, isso é ridículo, eu passei o dia todo trabalhando, como todo dia, eu nunca dei ousadia para nenhuma mulher naquela empresa, elas sabem que eu sou comprometido, elas sabem que eu sou noivo, que tenho uma noiva linda e uma filha linda, eu tenho varias fotos da nossa família espalhada pela a minha sala

DEMI: e quem foi essa mulher? Chefinho?

Demi falou irônica para Joe

JOE: deve ter sido aquela puta da Camilla, ela é nova na empresa, e desde de quando chegou ela da em cima de mim, mas você pode perguntar a qualquer um lá, ela gosta de aprontar pra cima de homens comprometidos, ela deve ter mandado essa mensagem para justamente você parar de falar comigo...

DEMI: e quando você ia me contar que tinha uma mulher na empresa que estava dando em cima de você?

JOE: pra que? Eu nunca dei ouvidos a ela, pode perguntar a qualquer funcionário, e você acha que eu faria isso com você? Eu largaria a mulher que eu amo, que me deu o meu bem mais precioso, a mulher que só de sorrir ilumina meu mundo inteiro, uma mulher que da orgulho, que me da prazer, a que tem um corpo maravilhoso, a mulher que é o meu mundo, por uma qualquer que não pode ver um homem? Uma seca, acabada, que com 22 tem cara de 40? não eu não cheguei a esse ponto, eu só lhe digo uma coisa Demi, quando um dia eu fizer isso, me interne, ou me mate, porque eu vou estar maluco

Joe falou segurando a mão de Demi, ela sorria de vez em quando, mas ainda tinha algumas coisas pra perguntar a ele.

DEMI: o que você comprou em uma joalheria a 3 meses atrás?

JOE: ah, você achou a nota...

DEMI: anda Joseph, o que foi?

JOE: eu tinha comprado, eu não ia te mostrar agora, mas eu vou te mostrar, só alguns deles...

Joe levantou ainda com a filha no colo, Sophia estava quietinha com o bico na boca prestando atenção na conversa de Demi e Joe, pelo menos era bom ela estar ali com eles, pelo menos eles não iriam discutir gritando um com o outro. Joe pegou dentro de uma gaveta 2 caixinhas, ele novamente sentou na cama de frente pra Demi.

JOE: esse daqui eu poderia dar qualquer dia, mas eu meio que escondi junto com os outros e esqueci... abre, é pra Sophia

Joe entrega uma caixinha a Demi. Ela abre a caixinha e fica encantada, era uma pulseirinha de ouro com o nome Sophia (aquelas pulseiras de bebê, que tem um negoço lá parecendo uma plaquinha).

DEMI: é lindo Joe, olha filha, o que papai comprou

Demi colocou a pulseira na filha e olhou para Joe com um sorriso no rosto.

DEMI: obrigada

JOE: agora esse, eu queria dar outro dia, só que como você é teimosa, vou ter que dar agora... lembra quando eu te pedi em casamento?

Demi assentiu

JOE: então, eu tive que comprar um anel bem simples porque eu não tinha muito dinheiro, e a Sophia tinha acabado de nascer, mas eu fui juntando um dinheiro e decidi comprar uma coisa que você mereça, eu queria te entregar em um momento melhor, não agora que estávamos brigados, eu estava planejando fazer um jantar pra você e ai sim, te entregar isso...

Joe abriu a pequena caixinha de veludo. Lá tinha um lindo anel, ele era de ouro, com um mini diamante no meio (como uma solitária). Demi olhou para ele com a mão na boca ainda sem acreditar.

DEMI: Joe...

Demi sussurrou sem palavras. Ela foi pegar o anel, Joe tirou, não deixando ela pegar. Ela olhou pra ele com uma cara de raiva.

JOE: depois que me der um beijo

Demi se aproximou de Joe com um enorme sorriso, ela deu um beijo rápido nele, ela sabia que se desse um beijo mais empolgante não ia conseguir se controlar e não seria uma boa cena para a filha assistir.

DEMI: saiba que eu não estou lhe dando esse beijo só porque eu quero o anel, é porque eu te amo

Joe pega o anel e coloca no dedo de Demi, depois dando um beijo na mão dela.

DEMI: obrigada... mas... ainda tem uma coisa...

JOE: o que?

DEMI: junto com nota da joalheria, tinha um extrato do banco, onde dizia que você havia transferido uma grande quantia para uma conta lá, desconhecida

JOE: olha, promete que não vai falar a ninguém?

DEMI: prometo

JOE: eu emprestei um dinheiro ao Liam, eu sei que eu não deveria estar emprestando dinheiro assim, porque temos que manter a casa, e temos bastante coisas pra pagar, só que os pais do Liam estão passando um pouco de dificuldade, e não tinha como emprestar um dinheiro para ele dar entrada em uma casa para ele morar com a sua irmã, então eu emprestei a ele um dinheiro, ele já vai me pagar, agora ele foi promovido no trabalho e vai poder comprar a casa

DEMI: me desculpa meu amor

Demi abraçou Joe bem forte, ela não queria acreditar que ela foi tão idiota a esse ponto, poderia ter sido tão melhor se ela tivesse dado a ele a chance de explicar, mas não, ela se deixou levar pelo ciumes.

JOE: na próxima vez, tenta conversar comigo, tenta me ouvir, confiar em mim

DEMI: me perdoa Joe

Demi deu um selinho demorado em Joe

JOE: eu não suportaria te perder

Joe falou acariciando o rosto dela.

DEMI: eu também não... você ainda vai trabalhar hoje?

Demi perguntou a Joe com uma cara bem triste. Ela queria que ele passasse mais tempo com a família.

JOE: não, eu vou passar o dia com vocês duas, e Demi se você quiser eu trabalho bem menos, eu estava trabalhando até tarde porque eu estava fazendo horário extra, porque eu queria e ainda quero fazer o nosso casamento o melhor pra você, mas eu já tenho um bom dinheiro guardado

DEMI: você sabe que eu vou amar se você passar mais tempo em casa, eu sinto tanto a sua falta aqui, eu fico aqui sozinha com a Soph, não é a mesma coisa

JOE: então está resolvido, eu não mais trabalhar até tarde

DEMI: obrigada

Demi dá um selinho demorado em Joe.

JOE: vamos descer, eu vou preparar um jantar pra gente

DEMI: hum, já estava sentindo falta de sua comida
~

Eu realmente espero que vocês gostem desse capitulo, porque eu acho que poucas pessoas gostaram já que só 2 comentaram... :/ bom, Jemi está de volta, mas ainda vai ter mais algumas confusões. eu vou tentar fazer mais partes Nelena, Liley e Kenielle ;)
 
Não se esqueçam de comentar, e talvez o próximo seja um HOT!!! Beijoos <3

'Locked out of Heaven - Capitulo 80 - 3° Temporada

 
 
~
 
DEMI: me deixa em paz Joseph!!

Demi gritou enquanto pegava a bolsa de Sophia e começou a colocar algumas roupas da filha e alguns itens de cuidado pessoal da bebê. Ela estava decidida que iria sair de casa, ela ia esperar Joe ir dormir, para poder ir embora. Joe depois de tanto tempo tentando falar com Demi decidiu ir tomar um banho, depois ele conversava direito com Demi e esclarecia essa confusão, ele sabia que ela precisaria de um tempo sozinha, para pensar.

Demi decidiu sair do quarto, quando não ouviu mais Joseph do lado de fora do quarto, ela percebeu que a porta do quarto dela estava aberta, e que Joe estava no banho, ela foi sem fazer nenhuma zoada, entrou no closet e pegou uma mini malinha, e começou a pegar algumas coisas dela, ela pegou mais peças intimas, roupas ela depois pediria emprestado a Miley, ela havia decidido ir pra casa dos pais. Sem que Joe percebe-se ela saiu com a pequena malinha com suas roupas e com a bolsa de Sophia, ela pegou Sophia que ainda estava dormindo, do berço e desceu as escadas, sem fazer nenhum barulho, ela saiu de casa, ela ia andando mesmo pra casa dos pais, era apenas uns 10 minutos a pé. Demi andava rápido, com medo, e ao mesmo tempo ela chorava e muito. Depois de chegar na frente da casa dos pais, ela estava cansada, ela limpou as lagrimas, e tocou a campainha. Para a sorte dela quem atendeu a porta foi Liam, provavelmente ele iria dormir la, já era 22:00.

LIAM: Demi? Meu Deus deixe eu lhe ajudar

DEMI: carrega a Soph pra mim, ela esta mais pesada que as bolsas

Liam pegou Sophia do colo de Demi, Demi entrou na casa e foi logo pra sala com Liam.

DEMI: cade meus pais? E a Miley?

LIAM: seus pais já estão dormindo, e a Miley está tomando banho, mas Demi, o que houve?

DEMI: eu briguei com o Joe...

Demi foi interrompida quando o telefone tocou, Liam entregou Sophia a Demi que agora estava sentada no sofá. Liam atendeu o telefone, era Joe desesperado do outro lado da linha.

~Inicio da ligação~

LIAM: alô?

JOE: Liam, pelo amor de Deus, diz que a maluca da Demetria está aí com a Sophia?

LIAM: ela está sim Joe, fique tranquilo

JOE: ficar tranquilo?? ela saiu essa hora do noite, escondida, sozinha com a minha filha que esta doente, passa o telefone pra ela

LIAM: ela não quer falar com você, olha Joe, eu não sei o que aconteceu com vocês, mas por favor, vai descansar, vocês dois estão com a cabeça quente, só vai piorar as coisas, amanha você vem aqui ok, sua noiva está bem, sua filha também

JOE: Liam, diz a ela que temos que conversar, ela não quer acreditar em mim, eu nunca a trai, por favor

LIAM: eu vou dizer...

JOE: diz a ela que eu a amo, e não vivo sem ela... que eu quero que ela volte pra casa...

LIAM: vai descansar Joe, amanha você conversa com ela. Tchau

Joe não respondeu, ele já estava chorando.

~Fim da ligação~

LIAM: olha, seja lá o que foi que aconteceu, eu acho que você deveria ouvir e conversar com o Joe, o cara estava chorando que nem uma criança no telefone

DEMI: eu não sei se eu vou conseguir falar com ele

LIAM: pelo menos tenta, ele te ama, e ama a sua filha, Demi, ele largou praticamente tudo para construir uma família pra você, ele te apoiou de todas as formas possíveis

DEMI: eu agradeço Liam, eu vou pro meu quarto, quando Miley sair do banho, manda ela ir lá por favor?

LIAM: ok, eu te ajudo a levar a Sophia

Liam subiu com Demi até o antigo quarto dela, ele colocou Sophia deitada na cama de Demi e saiu deixando Demi lá pensando no que havia acontecido, ao mesmo tempo que a mensagem daquela mulher rondava em sua cabeça, aquela imagem das notas fiscais de joalheria, e também as palavras de Liam, ela sabia que o que Liam havia falado era verdade, Joe a amava, fez de tudo por ela, só que ela não conseguia tirar a hipótese de que Joe poderia estar a traindo.

No dia seguinte...

Demi acordara depois de ouvir Sophia chorar, ela procurou a filha na cama e se assustou, ao levantar, viu sua mãe tentando fazer com que Sophia parasse de chorar, só que ela não parava de jeito nenhum.

DIANNA: Dem, a Miley me contou o que houve...

DEMI: mãe, eu não quero conversar sobre isso

DIANNA: olha, eu não sei o que é mas, Sophia não quer parar de chorar

DEMI: me dá ela aqui

Dianna dá Sophia a Demi, a menina continua chorando, Demi fazia carinho na filha, mas não adiantava, ela também não parecia estar sentindo nada.

DEMI: ah, eu acho que eu já sei o porque Sophia está assim...

DIANNA: porque?

DEMI: todo dia, quando ela acorda, é o Joe que pega ela, não eu, e ele antes de ir pro trabalho também fica com ela

DIANNA: awn tadinha de minha netinha, ela deve estar sentindo falta do pai

DEMI: infelizmente... eu não queria que ela fosse tão apegada a aquele vagabundo

DIANNA: Demi, não julgue o Joe desse jeito, você não tem a certeza se ele te traiu, apenas uma mensagem de voz, que não falou nem o nome dele

DEMI: não é só isso... eu achei no meio dos papeis da empresa dele, notas fiscais de joalheria, e também de transferência da conta dele para uma outra, com um valor muito alto

DIANNA: você pelo menos, perguntou a ele do que se tratava?

DEMI: você esta defendendo ele?

DIANNA: eu não estou defendendo ninguém, apenas quero entender essa briga estupida de vocês dois

DEMI: eu não quero conversar com ele, se ele realmente se preocupasse comigo, ele já teria vindo me procurar

DIANNA: ele não veio porque ele tem compromisso, ele trabalha para poder sustentar você e a Sophia, você sabe muito bem que se ele faltar ele perde o emprego

DEMI: mãe, você pode me deixar sozinha? Com a minha filha?

DIANNA: claro, eu vou estar lá embaixo, daqui a pouco desça para tomar café, seu pai está preocupado com você

DEMI: daqui a pouco eu desço

Dianna deu um beijo na testa de Demi e na bochecha de Sophia. Depois saiu do quarto. Demi tentou dar um banho em Sophia, mas a menina chorava cada vez mais, Demi agora estava ninando Sophia na sacada de quarto, tentando com que Sophia se distraísse com as coisas na rua e parasse de chorar. Demi achou estranho quando Sophia foi parando de chorar, quando ela olhou para a direção que a filha estava, ela viu o motivo de Sophia ter parado de chorar.

DEMI: Joe?

Joe saia do carro as pressas, ele foi em direção a porta da casa, Demi entrou com Sophia, trancando a sacada e depois a porta do quarto. Ela ninou Sophia mais um pouquinho até que ela parou de chorar e dormiu. Demi colocou ela de volta na cama e olhou o relógio, ainda não era a hora de Joe ir trabalhar, por isso ele estava ali. Minutos depois Demi ouviu Joe bater na porta do quarto.

JOE: Dem, será que podemos conversar agora?

Joe perguntou do outro lado da porta

DEMI: não, eu não estou a fim de conversar com você

JOE: Demi, pelo menos me escuta, eu quero esclarecer, te explicar algumas coisas

DEMI: explicar que você havia arranjado outra?

JOE: você ainda está pensando nisso? Pelo amor de Deus, você sabe que eu nunca faria isso com você

DEMI: eu também pensava que não

JOE: aquela tal mensagem que você ouviu não justifica nada, eu não te trai, se quiser pode perguntar a qualquer pessoa que trabalha comigo, que horas eu chego no trabalho, que horas eu saio

DEMI: Joe, eu não quero falar agora, você esta fazendo zoada e a Sophia está dormindo

JOE: me deixa ver ela Demi, eu quero ver minha filha, sua mãe falou que ela estava chorando, e você disse que provavelmente era saudades de mim

DEMI: minha mãe é uma fofoqueira, e Joe, você não vai ver ela

JOE: como assim não?? ela é minha filha, Demetria abre essa porta

DEMI: eu não vou abrir, e você também não vai ver a Sophia e acabou, vai embora Joseph!!

JOE: Demi, você esta descontrolada, você não pode fazer isso

DEMI: ah, agora eu sou louca? Pois bem, deixa a louca em paz e vai atrás de suas vadias, tenho certeza que elas irão te dar tudo o que você precisa

Joe ficou em silêncio, tudo o que se ouvia agora era Demi chorando.

JOE: você é o que eu preciso... só isso

Demi não respondeu nada, ela pensou em abrir a porta, mas apenas deitou na cama ao lado da filha, ainda chorando.
~

OI AMORES!!! eu decidi postar esse capitulo agora porque eu acho que eu não vou ter tempo de postar mais tarde, se eu tiver, eu posto outro... enfim, esse capitulo também está maior do que o ultimo, eu espero que vocês gostem e não se preocupem, Jemi vai voltar :)
 
Comentários Respondidos: AQUI, AQUI, AQUI e AQUI

15.2.14

'Locked out of Heaven - Capitulo 79 - 3° Temporada

 
 
~
 
Já era de noite, mais ou menos umas 6 horas quando Demi estava tentando dar comida a Sophia, ela estava preocupada com Joe, ela já ligara para ele diversas vezes mais ele não atendia, Sophia não queria comer nada, já havia vomitado mais cedo. Depois de muito ligar para Joe e ele não atender ela decidiu ligar para Miley para vir buscar ela e levar Sophia no médico. Enquanto arrumava Sophia e se arrumava para ir pro médico, Demi percebe que tem uma mensagem na caixa de mensagens do telefone, ela decidiu ouvir pensando que era Joe avisando algo. Logo ela ouviu uma voz de uma mulher.

oi chefinho, eu sei que você saiu mais cedo do trabalho, então eu queria saber se ainda estava de pé o nosso jantar, sabe, depois você poderia repetir aquela massagem que você me deu ontem. Beijos”

Demi olhava pro telefone incrédula, ela não queria acreditar no que havia ouvido, como assim, Joe saiu mais cedo do trabalho? Massagem? Jantar? Demi olhou para ver que horas aquela mensagem havia sido enviada. Ás 15:00. sem perceber Demi já estava chorando, ela não queria acreditar, Joe estava a traindo? Era por isso que ele saia mais cedo do trabalho? Para ir se encontrar com sua amante? Enquanto ela ficava em casa se matando para cuidar, limpar a casa, enquanto cuida da filha? Era pra ela que havia comprado alguma joia? Para a amante? Demi tentou esquecer por um momento isso, depois que ela viu que Sophia estava ficando mais fraquinha, a menina já havia vomitado varias vezes, Miley chegou depois de uns minutinhos, ela não estranhou o porque que Demi estava chorando, pensando que era porque a filha dela estava doente.

Chegando no hospital Sophia foi examinada e o médico constatou que era apenas uma virose, ele passou um remédio para Demi dar a Sophia. Enquanto estava no médico e no caminho de volta, Joe tentou falar com Demi o tempo todo, ela apenas estava ignorando as ligações, ela estava confusa, com raiva, triste, magoada, ela estava sentindo tantas coisas naquele momento que não conseguia explicar. Chegando em casa, Demi insistiu para que Miley fosse pra casa, com certeza Demi procuraria explicação da parte de Joe e não queria que Miley presenciasse o que estava por vim.

Demi entrou na casa e um Joe bastante atordoado veio até ela a abraçando, Demi estava com Sophia no colo, a menina dormia agarrada a Demi.

JOE: meu amor, onde vocês estavam?

DEMI: eu vou colocar Sophia no quarto

Demi praticamente ignorou Joe, ela subiu até o quarto de Sophia colocando a filha no berço, Joe veio atrás dela, ela o ignorou de novo, passando por ele indo até o quarto, ela estava cansada.

JOE: Demi, o que aconteceu?

DEMI: o que aconteceu? Eu que deveria estar lhe perguntando isso

JOE: o que? Onde você estava?

DEMI: eu estava no médico Joseph

JOE: médico? O que aconteceu?

DEMI: sua filha estava muito mal, tentei ligar para o idiota do pai dela, mas adivinha ele provavelmente deveria estar se agarrando com uma amante em algum motel da cidade

JOE: o que? De onde você tirou essa ideia ridícula?

DEMI: ah, agora vai se fazer de desentendido? Que tal começar explicando por que tinha uma puta ligando para aqui pra casa dizendo que você havia saído do trabalho bem mais cedo e só chegou aqui agora?

JOE: eu não saí mais cedo, eu fiquei trabalhando até tarde, como todos os dias

DEMI: trabalhando? Pois eu acho que você dá uma de massagista agora

JOE: como assim? Eu não estou mentindo Demi

DEMI: Joe, eu cansei sabia, se não queria mais nada comigo, porque continuou comigo? Porque me iludiu?

Demi começou a chorar, eles estavam longe um do outro no quarto.

JOE: Demi eu não entendo, eu não te trai, quem foi essa tal mulher que ligou pra cá?

DEMI: eu não sei quem foi essa vagabunda, o que eu sei é que você vem me enganando, e eu já estou cansada disso, eu estou me sentindo usada, eu só sirvo pra fazer a comida pra você, pra arrumar a casa, pra ser usada na cama

JOE: não você não é...

DEMI: SIM , EU SOU, VOCÊ GASTA A MAIOR PARTE DO TEMPO NAQUELE INFERNO DE TRABALHO, NÃO DÁ A MINIMA PARA A SUA FILHA, NÃO DA A MINIMA PRA MIM, VOCÊ SÓ ME QUER PARA TRANSAR, SERÁ QUE EU NÃO SOU BOA PRA VOCÊ JOSEPH?

JOE: EU TE AMO DEMI, E AQUELE INFERNO DE TRABALHO É QUE TE SUSTENTA, EU DOU O MEU MÁXIMO PARA SUSTENTAR VOCÊ E A NOSSA FILHA, PARA MANTER A CASA, PARA NUNCA TE FALTAR NADA

DEMI: FALTA SIM, FALTA O AMOR, E NÃO PRECISA FICAR JOGANDO NA MINHA CARA QUE EU DEPENDO DE VOCÊ, EU NÃO PRECISO DE VOCÊ JOSEPH, EU POSSO MUITO BEM VOLTAR PARA A MINHA CASA

JOE: EU NUNCA DEIXEI DE TE AMAR, E VOCÊ NÃO VAI VOLTAR, VOCÊ NÃO VAI VOLTAR PRA LUGAR NENHUM PORRA!!

Joe agora gritou mais alto do que Demi, eles estavam cada vez aumentando o tom de voz, Demi chorava, ela saiu correndo para o quarto de Sophia, não deu tempo de Joe correr atrás dela, ela entrou no quarto da filha e trancou, Joe batia na porta, enquanto Demi chorava descontrolada. Eles nunca haviam brigado desse jeito. Joe não tinha a intenção de magoar Demi falando que ela dependia dele, ele estava chateado por ela não acreditar que ele estava no trabalho e não com uma amante. E ele não podia contar da transferência de dinheiro, ele havia prometido segredo a pessoa.

JOE: Demi, por favor, me perdoa? Eu não quis falar aquilo, eu te amo, você é a mulher mais incrível que eu conheço, você é a minha vida Dem...
~

me desculpem se o capitulo está ruim :/ eu estou tentando buscar minha inspiração kkkkkkkkkkk bom Jemi infelizmente brigou :( será que Joe está falando a verdade mesmo??? o que vocês acham?? não se esqueçam de comentar... obrigada a todos que comentaram no outro <3
 
ps. teve alguém que marcou que a fic estava "mais ou menos", bom pelo o que eu vi, foi uma pessoa a mais que nem lendo a fic está, então por favor, se você não está lendo a fic, não marca nada, tenta ler pra depois você deixar sua opinião ;) agora, se foi uma pessoa que ler a fic, deixa nos comentários o que você gostaria que mudasse...

14.2.14

'Locked out of Heaven - Capitulo 78 - 3° Temporada

 
 
~
6 meses depois...

Bom, muita coisa aconteceu nesses 6 meses que passaram. Vamos começar pelos personagens secundários.

Miley e Liam estão muito animados para o casamento, mas o que irá preocupar Liam é que mesmo ele trabalhando ele não irá conseguir comprar um casa, sua família continua com problemas financeiros. Isso completamente deixa Liam para baixo, onde ele vai pedir ajuda de um de seus amigos para ajudar a dar entrada em uma casa. Miley vai ser uma parte importante na vida de Joe e Demi quando eles brigarem, ela vai ficar do lado de Joe, sabendo que a irmã está errada.

Selena e Nick continuam juntos, mesmo com a consciência matando Selena aos poucos, ela ainda não havia contado a Nick sobre a traição com medo de perder ele, só que com essa mentira ela acabou perdendo suas amigas, Demi e Miley, Taylor continua falando com ela, mas tem raiva de Selena pelo o que ela fez.

Taylor continua solteira, depois de não ter tido um relacionamento sério com Kevin, e depois de uma decepção amorosa com Taylor Lautner ela preferiu curtir a vida, só que isso as vezes não é legal. Ela vai encontrar um cara legal que vai gostar dela.

Eddie voltou a falar com Demi, agora ele estava todo coruja com a netinha, sempre comprando presentes, e ele pediu desculpas a Demi pelo o que ele fez, ele estava arrependido, mas orgulhoso do que Demi se tornou. Demi, claro perdoou o pai sem pensar duas vezes.

Joe e Demi estavam quase bem no relacionamento, eles só se viam pela manha, antes de Joe ir trabalhar e à noite quando Joe chegava do trabalho, eles faziam de tudo para aproveitar o fim de semana juntos, principalmente Joe com a filha. Sophia agora estava com 7 meses e era a coisa mais fofa do mundo, ela já ficava sentada sozinha, já comia outros alimentos, não mamava mais, já tinha 2 dentinhos que a deixava mais fofa ainda quando sorria, já dava até “tchauzinho”. O motivo de Joe e Demi não estarem tão bem, era além de mal se verem, Joe começou a trabalhar até bem tarde, ele saia ás 7 da manha e só voltava quase ás 8 da noite, ele dizia a Demi que era porque ele estava fazendo hora extra, mas Demi ficava desconfiada, ele parecia nem dar muito valor a Demi, apenas a perguntava o que havia acontecido no dia, se tinha sido bom pra ela, e antes de dormirem eles faziam amor e depois dormiam. Demi se sentia como um objeto, ela nunca imaginaria que um dia a vida deles estaria assim, passariam tão pouco tempo juntos, e só o que faziam era transar.

Já era de noite, Demi, como todo dia, esperava Joe chegar do trabalho, dessa vez ela estava organizando as contas pra pagar, os gastos do mês, e outras coisas. Sophia estava sentada em uma colcha que Demi havia colocado em cima do tapete, Sophia assistia o desenho enquanto brincava com alguns brinquedinhos que Demi pusera lá. Demi ás vezes parava de fazer as contas e olhava pra filha e sorria, ela estava crescendo. Demi se assustou ao ouvir a zoada do carro de Joe estacionar na garagem da casa, ela foi abrir a porta ainda atenta ao que Sophia estava fazendo, Joe ao ver ela lhe deu um selinho e um abraço, jé entrando dentro de casa.

JOE: oi meu amor

DEMI: oi, eu fiz um jantar especial pra você

JOE: hum... estou curioso. já jantou?

DEMI: não, estava esperando você chegar

JOE: cadê a Soph?

DEMI: ali – Demi apontou para Sophia – ela ficou quieta depois que eu coloquei no desenho

Joe deu mais um selinho em Demi e foi com ela até a sala, onde Sophia estava olhando fixo para a televisão parecia hipnotizada. Joe chegou perto dela e deu um beijo na testa dela, depois começou a fazer carinho no braço dela, Sophia logo virou para Joe abrindo aquele sorriso lindo com os dentinhos aparecendo. Joe com um ato carinhoso que ele fazia com a filha todo dia, começou a lhe fazer cócegas, conseguindo arrancar altas gargalhadas de Sophia. Demi olhava encantada com a cena, ela nunca ia cansar de ver essa cena na sua vida.

DEMI: Joe, vamos jantar, traz a Soph

JOE: vamos minha coisa linda, papai estava com tanta saudade

Joe levantou carregando Sophia, ele abraçava a menina bem apertado, beijando lhe a bochecha, os bracinhos, ele tinha um apego muito forte a filha. Depois de jantar, Joe foi colocar Sophia para dormir, ele sabia que Demi já estava cansada, passara o dia todo, cuidando da filha e da casa, e Sophia meio que havia pego uma mania de dormir no peito de Joe, desde de quando era recém-nascida. Enquanto Joe estava no quarto de Sophia, Demi foi guardar os papéis que ela havia deixado na sala, ela já estava guardando os papéis quando ela viu um recibo, nele continha uma quantia bem alta, era transferência da conta de Joe para um conta desconhecida, junto com esse recibo, havia uma nota fiscal de uma joalheria. “eu não lembro do Joe ter me dado nada de joia”, ela estranhou mais ainda quando o recibo já tinha um bom tempo, ele era de 3 meses atrás. Demi achou estranho, mas não decidiu falar nada com Joe. Depois de guardar todos os papéis, ela foi até o quarto, tomou um banho e esperou Joe deitada na cama, ele tomou banho e quando voltou Demi já estava dormindo. Ele se deitou do lado dela e a abraçou lhe dando um beijo no pescoço. Logo os dois dormiram.

No dia seguinte...

Demi levantou antes de Joe, ela tomou banho e depois foi dar banho em Sophia que já estava acordada brincando no berço. Depois de acordar Joe, Demi foi fazer o café, deixando Sophia brincando no cercadinho que estava na cozinha, a medida que Demi preparava o café ela ficava pensando o que poderia ter sido aquelas notas, porque Joe estava gastando dinheiro e não havia comentado nada com ela, e aquela nota da joalheria, Demi tentava não pensar em besteira, mas vinha em sua mente, que Joe pudesse estar a traindo.

JOE: bom dia amor

Joe chegou afastando Demi desses pensamentos nada agradáveis. Joe deu um selinho em Demi.

DEMI: bom dia, eu já estou quase terminando o café

JOE: hum... Dem você viu uma pasta minha com algumas coisas da empresa?

DEMI: não. que pasta?

JOE: ela estava junto com as contas...

Demi lembrou da pasta, foi nessa pasta que ela achou as notas, tanto a transferência quanto a da Joalheria.

DEMI: você vai trabalhar até tarde hoje?

Demi falou mudando completamente de assunto.

JOE: infelizmente vou, eu estou fazendo o máximo para adiantar meus trabalhos, ouvi dizer que a empresa quer demitir alguns funcionários

DEMI: e você acha que você pode ser um deles?

Demi foi até a mesa onde ela colocou a jarra de café, Joe já estava sentado na mesa, com Sophia no colo.

JOE: talvez, eu estou tentando mostrar a eles que eu tenho potencial

DEMI: mas será que o seu pai vai deixar isso acontecer?

JOE: ele não pode mandar em tudo, ele é apenas um dos presidentes

Joe logo saiu para trabalhar, se despedindo de Sophia e de Demi. Demi ficou pensando naquelas notas o dia todo, e aquilo estava a matando.

Na empresa onde Joe trabalha...

Joe havia chegado para mais um dia de trabalho, e como sempre, a nova assistente não podia ver ele chegando que já ia atrás dele, ela era um carrapato, Joe já havia avisado a ela que ele era comprometido, que ele tinha uma noiva, e uma filha, e que ele nunca trairia Demi, mas ele era insistente e oferecida.

CAMILLA: olá chefinho

JOE: bom dia, e eu já avisei sobre os apelidos, eu acho que você deveria ter mais respeito

CAMILLA: desculpa... mas então...

Camilla entrou na sala de Joe fechando a porta. Joe sentou na mesa, já começando a trabalhar em seu computador, não dando a mínima atenção para o que Camilla estava falando.

CAMILLA: hum... você vai ficar aqui até tarde?

JOE: provavelmente sim se você não me der licença, eu tenho muito trabalho para fazer

CAMILLA: nossa como você está estressado hoje heim? Viu só, se você não tivesse compromisso com mulher nenhuma, aposto que estaria melhor, qual é Joe, você é novo, tem apenas 19 anos, você não acha que está tentando ser muito responsável não? Você é jovem, tem que sair, tem que curtir, pegar mulheres de verdade...

Camilla falou se aproximando da mesa de Joe, ela estava com as mãos na mesa, inclinada para Joe, querendo que ele prestasse atenção aos “peitos” dela, que na verdade não era nada grandes. Joe continuava olhando para o computador.

JOE: já acabou com seu discurso ridículo?

CAMILLA: eu sei porque você não quer tentar com outra mulher, é porque você só deve ter pegado mulher ruim de cama, mas eu tenho certeza que você ainda não experimentou uma tão boa quanto eu

JOE: eu sei que eu não te devo satisfações de minhas relações sexuais com minha noiva, mas só pra te avisar, a Demi é a única mulher que me deixa excitado mesmo sem estar nua, ela tem uma beleza natural, e sim, ela é ótima na cama, nunca experimentei e tenho certeza que não vou encontrar alguém melhor do que ela, eu também não quero outra.

CAMILLA: quando eu te mostrar como se dar prazer a uma mulher, você vai desistir de sua namoradinha

JOE: noiva. E por favor, retire-se da minha sala, e vá trabalhar

Camilla saiu rebolando da sala de Joe, ele achou engraçado porque ela tentava de todas as formas parecer sexy, mas não dava muito certo. Camilla era uma mulher de 22 anos que não tinha corpo nenhum, parecia um poste, não tinha bunda, muito menos peito, e ainda as pernas pareciam um graveto. O único problema dela era que ela jogava sujo e muitas vezes já foi demitida de empresas por dar em cima de algum funcionário ou fazer algum se separar da família.
~

meus amores, me desculpem por demorar pra postar, eu estou muito desanimada, de uns capítulos pra cá, vocês estão comentando bem pouco, e também eu estou sem animo, estava até pensando em dar uma pausa na fic... bom obrigada a todos que comentaram, mais tarde eu respondo os comentários... :)