31.5.16

ESTOU VIVA!! + CAPÍTULO EXTRA DE "A SEXOLOGA"

Olá leitoras... fico envergonhada de vim aqui depois de 1 ano que eu parei de postar, mas, parei para ler os comentários e assim como tinha gente preocupado com o meu sumiço, tinha gente também me xingando. Me perdoem por ter ficado esse tempo sem dar noticias ou algo assim, acontece que a vida acadêmica é puxada demais, eu tenho projetos para entregar que passo semanas sem dormir pelo menos 6 horas por dia, e isso é ruim. a faculdade toma a maior parte do meu tempo. enfim, eu já havia conversado com algumas meninas, como a Nathalia que posta lá no outro blog a quem eu sou muito agradecida por estar me ajudando a manter pelo menos aquele blog, conversei recentemente com a Tainá que me ajudou a ter algumas ideias e motivação para escrever a nova fic (que por sinal, eu tenho escrito o prologo e o capitulo 1), e com outras. bom, não sei se eu consigo retomar a escrever a sexóloga, tenho que procurar meu caderninho de fics para reler as ideias que eu tive para os capítulos próximos depois desse ultimo postado para tentar criar outras ideias ou seguir as antigas e tentar finalizar essa fic que eu já deveria ter finalizado faz tempo. me perdoem novamente por ter sumido. quem tem meu número encham meu saco para que eu escreva principalmente agora nas férias de julho (kkkkkkkkk não muito tá meninas?), confesso que ás vezes eu não escrevia mas por esquecer que eu tinha uma fic para escrever do que por preguiça ou falta de criatividade. sou muito esquecida, sério mesmo.... como um presente, vou deixar aqui o pouco da continuação que eu tenho de a sexóloga e eu espero que vcs gostem e me perdoem e me deem ideias pq eu estou precisando. 

ps. me deem ideias do tipo "coloca o joe e a Demi para discutirem em um supermercado depois de tal coisa acontecer ou sobre tal coisa" pq aí eu consigo discorrer um capitulo. certo?! me ajudam?

OBRIGADA NAT!!! <3

TAINÁ LINDONA, FELIZ ANIVERSÁRIO!!! (atrasado) hahahaha


CAPITULO DE "A SEXÓLOGA" - Se gostarem, me dê ideias e sugestões pelo amor de Deus!!!! kkkkkkkk

- Hey! Aonde você vai? - Demi estava com Valentina nos braços fazendo a bebê golfar quando viu Joe já quase saindo de casa, sem nem ao menos avisar que estava saindo.
- Eu preciso ir na escola do Dav. Me ligaram de lá pedindo para que eu fosse. Um assunto sério. - Demi estranhou o comportamento de Joe. Ele estava estranho, muito nervoso, parecia que havia/ou estava prestes a aprontar. - Eu preciso correr pra lá agora.
- Joseph... porque você está agindo estranho? - Joe tentou falar algo mas ficou mais nervoso ainda.
- Nada amor. Mais tarde nós conversamos. - Joe deu um rápido beijo em Demi e saiu correndo para fora da casa. Ele estava com medo da esposa fazer com que ele olhasse ou carregasse a filha de novo. O que aconteceu pela madrugada foi algo maravilhoso mas ele não consegue mais controlar a culpa.
- O papai está maluco Val. - Demi não estava acreditando muito na história de que Joe precisava ir no colégio do filho deles. Ela estava achando que ele ainda tinha medo e culpa pela filha e por isso ele quis sair de casa muito rápido antes de ser questionado por ela sobre a madrugada que ele passou dando carinho e amor para a filhinha deles.
[…]
- Pode entrar! - Joe se arrepiou ao ouvir a voz da mulher de dentro da sala. Ele chegara no colégio do filho e já queria logo ir embora. Mas o melhor era ele ir para a tal “reunião” do que Demetria que com certeza iria acabar com o rosto da mulher.
- Com licença. - A mulher sorriu descaradamente ao observar Joe entrar na sala meio desconcertado e logo sentar-se de frente pra ela.
- Você sabe que sempre será bem vindo aqui. - A mulher deu uma piscada para Joe que já estava querendo fugir de medo. - E aonde quer que eu esteja.
- Bom, eu vim aqui para falar sobre o meu filho. O quê de tão grave ele fez para eu ter que vim aqui conversar com... - Joe observou a placa com a função da mulher logo acima do nome da mesma. - Com a conselheira estudantil?
- Olha Joe...
- Sr. Jonas. - Joe a interrompeu já querendo que ela mantivesse a postura formal e não que chegasse toda com intimidade para cima dele.
- Ok, Sr. Jonas. Seu filho vem passando por algumas probleminhas no colégio. Primeiro, ele já foi para a diretoria umas quatro vezes só esse mês.
- Quatro vezes? E o que ele fez? - Joe estava curioso sobre o que Dav havia feito, porque o filho dele não era de aprontar nem de mentir para os pais.
- Brigas pelo colégio, faltou algumas aulas, quebrou objetos de propriedade da escola e faltou com respeito ao conversar comigo...
- E quem me garante que estão de complô para cima do meu filho de novo? - Joe olhou sério para Mancy que tentava de toda forma chamar a atenção dele e o fazer olhá-la com carinho. - Da última vez que eu estive aqui, e conversei com a diretora, ela havia punido o meu filho como o único culpado de uma briga que nem fora ele quem começara.
- Mas o David participou da briga, ele tinha que ser punido Joe... - Joe sussurrou um Sr. Jonas, querendo lembra-la que isso era uma conversa formal. - Desculpe, Sr. Jonas. Quem começara com a violência no meio da discussão foi o David.
- Engraçado que o único que ficou machucado foi o meu filho... Foram três garotos do terceiro ano querendo bater no meu filho que estava sozinho. E vale lembrar que eles estavam falando mal da minha esposa, a mãe do David. Se ele já havia comunicado à diretoria da escola sobre os comentários maldosos sobre a família dele e a escola nada fez, ele esta certo de tentar resolver as coisas por si mesmo.
Mancy ficou sem saber o que falar e tentou desconversar e mudar de assunto. Essa briga fora realmente uma injustiça contra David e ela sabia disso.
- Certo. Mas não vamos discutir sobre isso de novo... foi uma coisa que já fora resolvida. - Mancy sorriu amigável e Joe sentiu nojo dela. - Mas eu preciso lhe perguntar... será que a sua esposa não está educando errado o seu filho?
- O que você está insinuando Mancy? - Joe se levantou com raiva. Ele não estava acreditando que Mancy estava concluindo que o mal comportamento de David era influência de Demi. - Está dizendo que minha esposa é uma péssima mãe?
- Talvez... Joe, ela não criou o menino muito bem. Como você pode confiar em uma sexóloga à cuidar e educar o seu filho? Ela pode muito bem estar influenciando o David à se envolver com prostitutas, ensinando o seu filho a ser um maniaco por sexo!
- Você é louca mesmo... - Joe começou a rir ao ver a feição de preocupada de Mancy. Ela era tão maluca, psicopata, que era uma ótima atriz. - Eu realmente perdi meu tempo vindo aqui, com licença, tenho coisas mais importantes para fazer.
Joe já estava próximo da porta quando Mancy correu até ele e se ajoelhou ao seus pés e o abraçou. Joe já estava começando a ficar com medo dela, afinal, ela estava por anos em uma clinica psiquiatra fazendo tratamento para curar a obsessão pelo poder. Obsessão por Joe.
- Por favor Joe! Não fica mais com ela, foge comigo, eu prometo que eu vou te dar quantos filhos você quiser, mas por favor, fica comigo, eu não consigo viver sem você... - Mancy estava chorando e implorando pelo perdão de Joe.
Joe estava achando a situação um pouco engraçada, mas sabia que essas atitudes de Mancy eram provas de que os tratamentos que ela fizera não foram necessários. Ela precisava viver em um hospício.
- Mancy, levanta daí. - Joe tentou tirar a mulher que estava agarrada em sua perna, mas não conseguia. Ela realmente estava disposta a só o largar depois que ele aceitasse o que ela estava o propondo.
- Eu não quero te soltar, você é meu. Aquela safada te tirou de mim, te enfeitiçou, mas eu sei que você ainda é louco e apaixonado por mim... eu faço tudo pra te ter de volta Joe. Eu beijo seus pés se você quiser, eu transo com você todos os dias como você queria, eu realizo suas fantasias...
- PARA COM ISSO! - Joe com raiva puxou a ex-esposa a jogando na chão com força. Ela o olhara assustada. - PARA DE SE HUMILHAR DESSE JEITO! EU NÃO QUERO MAIS NADA COM VOCÊ! SERÁ QUE DÁ PRA ENTENDER ISSO?
Joe estava prestes a explodir e estava se segurando para não bater em Mancy. Ela conseguia tirar a pessoa mais calma do mundo de sua zona de conforto. Joe era difícil de ser ignorante com as pessoas, e de gritar com alguém, mas ele sempre perdia a paciência com Mancy.
- Eu não quero mais nenhum vinculo com você Mancy. Se eu pudesse eu queimava todos os papéis que comprovam a nossa separação porque eu simplesmente odeio saber que uma pessoa tão descontrolada, maluca, psicopata que nem você, algum dia tenha feito parte da minha vida!
- Isso não é justo comigo Joe... - Mancy estava chorando muito, mas não tão comovente que fizesse Joe sentir pena dela.
- Eu tinha que te agradecer por ter conhecido a Demi por você ter me tornado um broxa... mas não vou fazer isso. Acho que do mesmo jeito, eu teria conhecido a Demi. Afinal, bem antes de eu me casar com você, o Nick já estava querendo me apresentar a ela. E eu iria me apaixonar por ela da mesma forma que eu me apaixonei. O destino já estava pronto para me unir com a minha Demi. E nada nem ninguém atrapalharia isso... - Joe abriu a porta da sala, mas antes de sair ele tinha que dar outro recado à Mancy. - Pegue o resto de dignidade que sobra em você e vá procurar uma ajuda mais profunda em um psiquiatra e nunca mais mexa com a minha família.
Mancy se recompôs logo depois que Joe saíra da sala e como se nada tivesse acontecido, ela sentara em sua mesa de novo e já começara a bolar um plano para se aproximar mais de David.
- Você pode não me querer Joseph Jonas, mas eu vou fazer o seu filho me querer...
[…]

Quatro meses depois...

--------------------------------------------------------------------------
ALGUÉM SABE ME DIZER SE TEM COMO RECEBER NOTIFICAÇÕES DO BLOG ASSIM COMO RECEBEMOS DE OUTRAS REDES SOCIAIS?? TIPO QUANDO ALGUÉM COMENTA OU SEGUE O BLOG CHEGAR UMA NOTIFICAÇÃO NO CELULAR??? :D

8 comentários:

  1. nossa nem acredito que você voltou, eu não acompanho seu blog há muito tempo, li todas as suas fanfics nesse tempo que você ficou afastada, e confesso que queria muito que você voltasse a postar.
    Amei o capítulo, e por favor, não suma mais <3

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus, você voltoooo
    Que felicidade, não nos abandone mais,pfvr

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAA esse negócio das notificações eu n sei, mas eu tô MT feliz q vc voltou e quero mt q continue a fic pq a amo demais. N sei q idéias eu poderia te dar mas acho q esse medinho do Joe já n tem mais cabimento eu sei q ele tá se sentindo culpado e tals mas o q a Demi mas quer é ver ele cuidando da Val e essa Mancy é louca hein ela vai atrás do filho deles kkkkkkkkkkkkkk MDS q sem noção essa mulher

    ResponderExcluir
  4. Amo suas fanfics e pulei de alegria quando vi que você voltou!
    Comecei um blog também, caso você pudesse dar uma olhada!
    http://afterallfanfics.blogspot.com.br/
    Parabéns pelas fics , são maravilhosas!

    ResponderExcluir
  5. Ai meu Deus... Vc voltou awn 😍

    ResponderExcluir
  6. ahhh vc voltou....continua sim pf
    amei esse capitulo....bjs

    ResponderExcluir
  7. Vc voltou!!! Estou muito contente... parabéns pelo capítulo! Quero pedir desculpa por meus comentários anteriores.
    É q vc não postava nada e nem respondia os comentários fiquei muito triste mesmo com isso. Mas agora é bola pra fente e continuar A sexóloga!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Faz um grupo no whats!!!

    ResponderExcluir

Deixem um comentário e deixem uma "escritora" feliz :D